3x1, Alternative Rock, Garage Rock

3×1: Slaves, Du Blonde e Drenge.

Com a internet, nossos horizontes musicais foram expandidos e passamos a entrar em contato com uma diversificada oferta de material musical, vindo de todos cantos do Brasil e do mundo. Por conta da grande oferta, torna-se grande a demanda de tempo para ouvir o que há de relevante sendo lançado. Acompanhar tudo é impossível, é sabido, mas tirar um tempo para ouvir os destaques é primordial para continuar a expandir os tais horizontes e atualizar nossas bibliotecas. Continuar lendo

Anúncios
Padrão
Alternative Rock, Blues Rock

A força e a beleza de Sound & Color

Fisicamente falando, som pode ser definido como “propagação tridimensional de uma onda pelo espaço, apenas em meios materiais, como o ar ou a água” e cor pode ser definida como “uma informação visual, uma sensação provocada pela ação da luz sobre o órgão da visão e decodificada pelo cérebro”. Cor e som. Som e cor. Esse é o título do novo álbum da banda americana Alabama Shakes, lançado em meados do mês de Abril. A proposta é numa sonoridade saborosa e volumosa, explorando muito bem a dinâmica de altos e baixos. E é dele que falarei um pouco nesse post Continuar lendo

Padrão
Alternative Rock, Álbuns Clássicos

20 anos de The Bends, segundo álbum do Radiohead

the bends2

Por conta de sua contribuição para a música contemporânea, o Radiohead é hoje considerado um dos grupos mais influentes das últimas décadas, principalmente por conta de trabalhos como “Ok Computer” (1997) e “Kid A” (2000), considerados por qualquer pessoa sensata dois dos principais lançamentos da história da música. Continuar lendo

Padrão
Alternative Rock, Garage Rock, Indie Rock

Mais uma investida de Jack White

Jack White está de volta com seu segundo trabalho solo. Conhecido mundialmente por seu magnífico trabalho no duo The White Stripes, White lançou-se em carreira solo no ano de 2012 com Blunderbuss, onde esbanjou potentes guitarras e rendeu-se ao experimentalismo, chegando até a ter duas bandas de apoio (uma formada por homens e outra por mulheres) tanto no estúdio quanto nos palcos, o que resultou em um interessantíssimo trabalho. Em Lazaretto, lançado no ano passado, retornou para aprimorar o que já havia feito em 2012, acrescentando novos elementos e também outros nem tão novos assim, que pudemos ouvir em outras fases do artista, como nos White Stripes e nos Racounteurs. Continuar lendo

Padrão
Alternative Rock, Garage Rock, Indie Rock

O explosivo modeHuman

Esqueça todo o discurso clichê de que bons álbuns de rock’n’roll são coisa do passado. Esqueça completamente, apague da memória! Esse rock’n’roll, esse rock’n’roll… volta e meia nos surpreende com algumas novidades de tirar o fôlego e fazer esbugalhar os olhos. Tais novidades renovam em nós o ânimo pelo gênero e a esperança de que nunca estaremos mal servidos de bons rocks distorcidos e enfurecidos. Com seu debut modeHuman, lançado nesse ano, o Far From Alaska vem direto do Rio Grande do Norte para ser a maior novidade do ano no cenário do rock nacional. Com seu som explosivo e enérgico, chega para ficar e para fazer a sua cabeça.

Continuar lendo

Padrão
Alternative Rock

Sonic Highways: um fiasco

Banda formada há quase vinte anos e já consagrada por hits como “Best of You” e “Everlong“, por shows apoteóticos e videoclipes hilários , os Foo Fighters não têm mais nada a provar a ninguém. Mesmo assim, nesse ano de 2014 anunciaram um projeto ambicioso, Sonic Highways, que seria composto por oito faixas, gravadas em oito diferentes cidades, trazendo em si a essência musical de cada lugar onde tenham sido gravadas. A princípio, o projeto soou interessante e promissor, ainda mais depois que a ótima Something From Nothing” foi liberada ao público. A esperança era de um ótimo álbum. Porém, tudo o que o álbum lançado em 10 de Novembro trouxe consigo foi uma grande decepção.


Continuar lendo

Padrão