Descubra, Folk

3×1: Sufjan Stevens, Laura Marling e The Tallest Man of Earth

Escondidos os grandalhões do mainstream, estão artistas pequenos, que talvez nunca conhecerão a emoção de estar na capa da Rolling Stone ou de ser concorrente ao Grammy, mas que transbordam qualidade em seus trabalhos e merecem sua atenção. Neste ano, o folk foi protagonista no cenário da música. Como prova disso: alguns álbuns do gênero têm sido unanimidade nas famigeradas listas de melhores do ano, inclusive a LISTA O SESSENTISTA.  No 3×1 de hoje, falarei de três álbuns folk que com certeza se enquadram nessa descrição: “Carrie & Lowell”, “Short Movie” e “Dark Bird Home”. Continuar lendo

Anúncios
Padrão
Descubra, Folk

A cativante mistura do folk de Ryley Walker

Navegando pelos cantos da internet, volta e meia nos surpreendemos com o que podemos descobrir à distância de alguns cliques. A internet é um meio riquíssimo e, acima de tudo, democrático, onde podemos entrar em contato com diferentes sonoridades, vindas de diversas partes do Planeta. Foi navegando que conheci artistas como Color Humano, Songhoy Blues, Muddy Brothers e também o belíssimo folk de Ryley Walker. Ao ouvir pela primeira vez suas músicas mescladas de folk e jazz, fiquei estupefato. Nunca tinha sequer imaginado, nem em meus mais distantes devaneios musicados, uma sonoridade assim.  Foi amor à primeira música. E é de seu álbum Primrose Green que falarei neste post. Continuar lendo

Padrão
Descubra, Folk, Indie

James Bay, promessa da música pop para esse ano

Quais as semelhanças entre Jake Bugg, Arctic Monkeys, Foster the People e The Black Keys? Todos fazem parte de uma extensa lista de artistas indie que conseguem, seja no início ou no decorrer de sua carreira, estourar como um grande sucesso comercial, de público e, às vezes, crítica. Ao chegar a esse estágio de sucesso, agregam fãs e admiradores ao redor de todo o Globo, colecionam recordes de vendas, passam a figurar em destaque nos lineups de festivais renomados; passam a ser artistas mainstream. Já é de praxe: todo ano surge um grande sucesso indie. É assim que a indústria cria o que chamamos carinhosamente de modinha. O ano de 2015, que mal começou e já consideramos tanto, certamente não fugirá à regra. E é o britânico James Bay, que lançou seu debut Chaos and the Calm neste mês, quem vem mostrando potencial para ser o maior sucesso de todos os tempos da próxima semana.

Continuar lendo

Padrão
Folk

O sentimentalismo envolvente de “I Love You, Honeybear”

Ainda estamos em Fevereiro, mas neste início de ano já tivemos a chance de conhecer bons lançamentos nacionais e internacionais. Entre eles está o mais novo trabalho de J. Tillman sob o pseudônimo de Father John Misty, “I Love You Honeybear”. Com sua seleção de canções que encantam com sua simplicidade, beleza e suavidade, desponta como um dos melhores lançamentos do ano até agora.
Continuar lendo

Padrão